08 NOV
Como se destacar em Processo Seletivo (Parte 1)
Autor

Karina Alves

Categoria

Dicas para Processo Seletivo

Como se destacar em Processo Seletivo (Parte 1)

autumn-4

Olá Pessoal,

#1 – Você está preparado para a Entrevista?

Por mais de 7 anos fui responsável por processos seletivos e entrevistei diversas pessoas para os mais variados cargos, como assistentes, analistas, coordenadores, gerentes, diretores, professores e também vagas ligadas a produção. Contratei muitos profissionais pelo Brasil e vi candidatos com muito potencial, mas totalmente despreparados e sem saber “vender” seus diferenciais.

A maior dificuldade que vi nos candidatos era mostrar segurança diante das perguntas de cunho comportamental. Muitos sabiam contar suas experiências e descrever o que estava no currículo de forma técnica, mas quando as perguntas buscavam entender seu comportamento diante de certas situações e desafios, não conseguiam responder de forma a se valorizarem.

Paralelo a este trabalho comecei a preparar pessoas para entrevistas, de forma a explorar ao máximo suas potencialidades, refletindo sobre sua jornada profissional, identificando suas principais habilidades e também seus pontos de melhoria. Como não é algo que pensamos com frequência, muitas pessoas apresentam enorme dificuldade em responder as questões abaixo:

  • Quais suas principais competências e habilidades?
  • O que te diferencia dos demais candidatos e te torna único?
  • Como você pode agregar valor na empresa?

Ou ainda questões como:

  • Quais comportamentos devem ser trabalhados para melhorar seu desempenho?
  • E, como responder suas limitações para um selecionador sem se prejudicar em um processo seletivo?

É indispensável que você não invista apenas em conhecimento técnico, mas também em seu desenvolvimento pessoal. Concentrar sua energia em seus pontos fortes, ao mesmo tempo que trabalha os pontos que precisam de atenção. Isso permite maior assertividade, maior aprovação e um índice de aproveitamento mais elevado ao participar de processos seletivos.

Outros aspectos importantes e relevantes na hora da entrevista:

  • Para chegar na entrevista é preciso ter um bom currículo, que expresse quem você é profissionalmente de forma clara e objetiva.
  • Sempre tenha em mente exemplos de situações difíceis que você vivenciou, de ações e projetos que foram praticados em empregos anteriores e os resultados. É uma forma de demonstrar suas competências.
  • Seja sempre sincero, para que não seja confrontado com alguma mentira.
  • Busque informações sobre a empresa, isso mostrará ao entrevistador seu real interesse, além de proporcionar mais segurança. Conhecer os valores, a visão e a missão da empresa também pode contribuir para suas respostas.
  • Controlar a ansiedade e o nervosismo costuma ser o mais difícil nos processos. Busque respirar e ser natural. Se conhecer bem ajuda muito, pois gera mais autoconfiança.

Se prepare para o processo seletivo. Os selecionadores têm aptidão para identificar aqueles que se preparam e que verdadeiramente estão empenhados e seguros para buscar a oportunidade. Vale até treinar para a entrevista, seja com algum amigo, familiar ou até mesmo com algum especialista na área.

Para finalizar, lembro de um garoto de 24 anos que me procurou, pois já tinha participado de vários processos seletivos de multinacionais, mas não passava na entrevista comportamental. Ia bem na parte técnica, mas não conseguia passar segurança para o entrevistador. Era muito inteligente, mas um pouco inseguro. Ele veio algumas horas antes de uma entrevista de emprego e na preparação para a entrevista buscamos várias situações que ele já tinha vivenciado e que expressavam suas qualidades, mas ele nunca tinha pensando em usá-las nas entrevistas. Adivinha o que aconteceu? Ele se sentiu seguro, tranquilo e foi contratado.

As empresas querem, precisam e vivem de resultados, portanto, a chance de sucesso para entrar e permanecer como parte da empresa se torna maior se o candidato sabe o que quer, sabe como entregar resultados e como agregar valor para a empresa.

 

E, você tem esse conhecimento sobre si mesmo?

Gostou do artigo, deixe seu comentário, sua sugestão ou suas dúvidas.

Na próxima semana tem mais! Fique ligado!

Abraços,