07 JUL
3 Erros que Diminuem suas Chances de Conseguir um Novo Emprego!
Autor

Karina Alves

Categoria

Destaque, Dicas para Processo Seletivo

3 Erros que Diminuem suas Chances de Conseguir um Novo Emprego!

Está tendo dificuldade de ser chamado para as entrevistas? E quando o universo conspira a seu favor e você é chamado, acaba se atrapalhando e não dando as melhores respostas?  Muitas vezes sai com aquela sensação de que esqueceu de falar algo ou que poderia ter dados respostas melhores? Pois, você deve estar cometendo 3 erros que a maioria das pessoas cometem, e neste artigo vou deixar claro estes erros para que você não cometa mais.

 

De forma direta e reta vou falar sobre 3 erros que a maioria das pessoas comente ao participar de processos seletivos, e que com certeza, podem MATAR suas chances de conseguir um novo emprego.

Primeiro erro: Não faça QUALQUER currículo. Isso parece óbvio, mas muitos fazem de qualquer jeito e com pressa. É preciso parar e dedicar um tempo para montar seu currículo, selecionar as informações mais importantes, colocar o essencial, mostrar o melhor que você fez até o momento. É sua primeira impressão com o selecionador. É como o portfólio de uma empresa, tem que ser claro, objetivo e que te venda. Depois ouvimos as pessoas reclamando: Ahh eu não sou chamada para nenhuma entrevista. Pôoo, já parou e realmente avaliou seu currículo? Sei que tem outras variantes para ser chamado, mas ter um currículo atraente é importantíssimo.

Segundo erro: É usar o método NHS. Sabe o que isso significa? NA HORA SAI.

Nãooooooo. Não se preparar pode ser um tiro no próprio pé. A demanda de desempregados é muito grande neste momento, tem muitos candidatos qualificados e disponíveis, e para que você consiga mostrar os seus diferenciais, precisa estudar o que falar a seu respeito, selecionar seus melhores resultados, entender quais são suas características mais marcantes, qual sua pretensão salarial. Tudo isso tem que estar na ponta da língua. Qualquer profissional da área te dirá isso. É regra BÁSICA para ter destaque e conseguir um novo emprego. Além de ajuda a reduzir a ansiedade.

Terceiro erro: Se deixar dominar pelo desanimo e desespero. Aqui vejo duas situações comuns: Aquele que está tão desanimado e acaba deitado no sofá se lamentando o dia todo, que nem a própria mãe o contrataria, tamanha negatividade. Ou aquele que está tão desesperado, que ao participar de uma entrevista começa a atormentar o selecionador, mandar diversos e-mails, liga na empresa, ás vezes até aparece por lá.

Nenhuma das duas situações irão ajudar, mas sim atrapalhar. Sei que este momento é desafiador (antes de ser empreendedora já fui funcionaria e fiquei desempregada, acredite eu sei o que você está passando), mas é importante enfrentar suas preocupações, se planejar para passar por este momento da melhor maneira e focar que isso é temporário. Ok? Sem desespero.

Na semana que vem, vou postar um artigo sobre como lidar com a falta de retorno do selecionador. Então, fique ligado.

Espero por você! Abraços e até a próxima.

P.S: Caso deseje, pode assistir este conteúdo no vídeo abaixo: