Karina Alves

O que responder sobre sua pretensão salarial?

Discutir sobre salário ainda é um tabu. As pessoas, em geral, sentem um certo desconforto ao conversar sobre o assunto. Mas, na prática, é difícil escapar do tema. Mais cedo ou mais tarde você precisará falar sobre sua expectativa/pretensão salarial. E, hoje vamos ver como fazer isso da melhor maneira possível. Vem comigo!

 

 

Qual sua pretensão salarial? Você tem clareza do salário que atende suas necessidades e expectativas, mas que também esteja alinhado com o mercado de trabalho?

Geralmente as empresas anunciam suas vagas com “salário a combinar”, ou seja, não informam o quanto pretendem pagar. E, muitas pedem que você envie com o currículo sua pretensão salarial, é uma forma da empresa se antecipar neste quesito se o candidato que enquadra no que ela irá oferecer.

É importante estar preparado para esta pergunta e como respondê-la. E, para não engasgar na hora de responder a essa “temível” pergunta, fique atento a cinco dicas que trarei!

  • Primeira dica: Você não precisa dizer um valor exato. Use a expressão “na faixa de” R$ 5.000,00 por exemplo. Isso demonstra flexibilidade e abertura para negociação.
  • Segunda dica: Qual o momento certo de falar sobre a pretensão salarial?

Somente quando for perguntado. Não coloque pretensão ou seu último salário no currículo ou no seu perfil do linkedin, por exemplo. Fale sobre o assunto quando o entrevistador perguntar.

  • Terceira dica: Como calcular e definir sua pretensão salarial?

Para definir o melhor valor no seu caso, esteja atento a 3 itens:

1º) Pesquise a média salarial: Busque saber quanto o mercado está pagando e o piso salarial do seu cargo. É legal ficar atento para o salário de pequena, média e grande empresa, pois tem variação. Sites como o Vagas.com; Salário Br; Linkedin; tem campos específicos para esta pesquisa. Colocarei o link dos sites na descrição do vídeo.

2º) Entenda qual seu custo de vida. É importante estabelecer um mínimo necessário, aquele valor que pagará suas contas e também ajudará a se motivar com o trabalho. Para isso, calcule seus gastos seus gastos fixos (com moradia, alimentação, transporte etc.) e coloque um pouco a mais. Por exemplo, você tem 2.500,00 de despesas e colocou que o salário ideal é pelo menos R$ 4.000,00 para poder ficar tranquilo e fazer possíveis investimentos na sua carreira.

Dependendo da situação, a pessoa precisa tanto trabalhar que aceita “qualquer salário”, mas é importante saber se este valor está alinhado com suas despesas, senão logo desanimará e começará a procurar outro emprego melhor e ficar pulando de galho em galho não ajudará muito em seu crescimento profissional,

3º) Qual o tempo de sua experiência? Este fator também ajuda, pois se você é iniciante, provavelmente receberá o mínimo/básico da categoria, para que você vá aprendendo, mas se você já tem experiência na função, sua pretensão pode ser maior, visto que tem resultados anteriores que justificam esse aumento.

  • Quarta dica: Como negociar a sua pretensão salarial?

Como disse no começo do vídeo, sempre use a expressão “na faixa de” para poder negociar. Não coloque valores estratosféricos pensando em jogar algo para negociar, isso não é uma boa sacada, a empresa pode nem fazer uma proposta. Mas, também não coloque um valor abaixo do mercado só para ser escolhido, isso também não garante sua contratação.

Fique de olho nas oportunidades que a empresa oferece, como benefícios, possibilidade de subir na carreira, oportunidade de ter sua primeira experiência como gestor, viagens e desenvolvimento profissional são alguns dos fatores que podem ser vantajosos para você. Ás vezes, um salário um pouco mais baixo que sua pretensão (mas, suficiente para vc ficar confortável), pode ser interessante, dependendo das oportunidades que ela oferece.

Quinta e última dica: NUNCA use uma destas respostas: ‘Deixo a critério da empresa’, ou ‘o salário do mercado’ (aqui tenha em mente qual esse valor e fale em números), ou ainda ‘a faixa salarial da empresa’. Estas respostas passam a sensação de que você não tem a mínima ideia do quanto quer ganhar.

Então, vá para a entrevista com um número aproximado na cabeça, seguindo as dicas que já passei.

Bom, aproveite e compartilhe este artigo para ajudar mais pessoas a lidarem com esta situação. Aqui procuro entregar o meu melhor para ajudar você a se recolocar mais rapidamente.

Um forte abraço,

 

P.S: Caso deseje, pode assistir este conteúdo no vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Identifique o seu caminho da felicidade,
pois é esta estrada que o levará ao sucesso que deseja!